Top Post

22 . Mai . 2017

Só escapou o Sousa

Em: Coluna

O Sousa salvou o futebol paraibano no final de semana. Derrotou o Central de Caruru por 2x0 na rodada de abertura do Campeonato Brasileiro da Série D e empolgou a sua torcida que foi em bom número ao estádio Marizão para incentivar o elenco comandado pelo técnico Índio Ferreira. Agora o Dinossauro do Sertão foca Juazeirense em jogo programado para o próximo sábado (27), às 18h30, no Estádio Adauto Moraes, em Juazeiro-BA.

O Campinense chegou a ficar na frente do marcador na estreia contra o Atlético-PE, pelo Campeonato Brasileiro da Série D, mas acabou perdendo por 4x3. O resultado foi ruim, mas como acon teceu fora de casa, o time rubro-negro aposta na reabilitação no jogo da volta, até porque conhece o estilo de jogo do adversário. Na rodada de domingo, o Campinense recebe o Itabaiana, às 17h, no Estádio Amigão, em Campina Grande.

E pela Série C do Campeonato Brasileiro o Botafogo perdeu para o Fortaleza por 1x0 e continua sem vitória em duas rodadas da competição. O time ainda vive a fase de entrosamento, mas já deu demonstrações que vai precisar de reforços se quiser mesmo brigar por uma vaga na Série B do próximo ano. Na próxima rodada, programada para domingo, o Botafogo recebe o CSA-AL, às 16h, no Estádio Almeidão, em João Pessoa

21 . Mai . 2017

Paraíba na Série D

Em: Coluna

Foi na gestão de Nelson Lira Filho que o Botafogo foi campeão do Brasileiro da Série D e ganhou o direito de disputar a Série C. Foi uma conquista e tanto, para a alegria geral dos torcedores que não esquecem e valorizam o trabalho que foi realizado por Nelson Lira Filho e toda a sua diretoria, contando com o apoio dos conselheiros.

Agora Campinense e Sousa representam o futebol da Paraíba na Série D. A caminhada começa hoje, com os dois times cheios de novidades e ainda buscando entrosamento. No entanto, estão confiantes e esperando pelo apoio dos torcedores para que também possam fazer bonito rumo a Série C do próximo ano. Nada de impossível, pois o Botafogo chegou com futebol e trabalho.

O Campinense começa a disputa na Série D fora de casa. Vai encarar o Atlético-PE que é um adversário desconhecido, mas que tem qualidades e também sonha com uma vaga na Série C. Não será nada fácil esse primeiro desafio, até porque o grupo tem novidades e precisa de mais entrosamento. Mas com força e determinação, tem tudo para sair de campo com um resultado positivo.

O Sousa por sua vez vai estrear em casa. No estádio Marizão espera contar com a força dos torcedores para superar o Central de Caruaru. Nada melhor do que começar uma disputa difícil com uma grande vitória. Mais uma vez o presidente Aldeone Abrantes investiu na formação do elenco para fazer a torcida feliz. Agora cabe ao técnico Índio Ferreira encontrar o caminho mais curto rumo à vitória.

Mais esportes

O secretário de Esportes de João Pessoa, Guto Clerot, tem concentrado esforços para apoiar grandes eventos. As dificuldades existem, mas ele é perseverante. Vem discutindo com a sua equipe uma série de ações para movimentar o segundo semestre na Capital.

+POSITIVO

Muito bom o trabalho que o professor Léo Palmeira faz com a equipe de natação do Clube dos Oficiais. Vai fechar o primeiro semestre com um saldo positivo, para a satisfação do presidente do COPM-BM, Coronel Francisco e dos pais que estão sempre dando apoio ao trabalho. Os meninos e as meninas estão acumulando importantes resultados nas competições locais e interestaduais. Que venha o segundo semestre.

-NEGATIVO

A Federação Paraibana de Futebol precisa fazer alguma coisa para que os árbitros paraibanos possam voltar ao cenário nacional. Esse negócio só de abraços com o pessoal da CBF tem que acabar. No setor de arbitragem o inconformismo é grande, pois os árbitros sentem que falta força e prestígio da FPF. Com a palavra o presidente Amadeu Rodrigues. Chega de abuso.

Feminino

Tem alguma coisa errada. O Botafogo se fortalece no Campeonato Paraibano, pega atleta de tudo que é lugar e sai derrubando os adversários com facilidade. Quando chega no Campeonato Brasileiro, é uma decepção. Esse modelo de trabalho tem que mudar no futebol feminino do Botafogo. Chega de fracasso.

NO FOCO

O presidente da Apcef-PB, Carlos Espínola, já está trabalhando a sua programação esportiva para o segundo semestre. Vai ter novidades para sócios e conviados. No setor de esportes a Apcef-PB também é referência na Paraíba.

Peneirão

O Auto Esporte realiza hoje de manhã, a partir das 8h, um peneirão para descobrir novos talentos no futebol feminino, a partir de 15 anos. As atletas devem levar material de treino e não vão pagar nenhuma taxa. A coordenação é do professor Rogério Velinho (D) e as atividades serão no CT do Auto Esporte (Mangabeirão). Contatos pelo 991087075.

17 . Mai . 2017

Falhou

Em: Coluna

Não foi a estreia que o torcedor queria, com um futebol de qualidade e uma grande vitória, mas pelo menos o Botafogo não perdeu na estreia da Série C do Campeonato Brasileiro. Numa competição concorrida como essa quem joga em casa tem a obrigação de vencer, mas não deu para  o time comandado por Itamar Schülle alcançar o objetivo maior.

Agora de nada adiantam as lamentações. A palavra de ordem na Maravilha do Contorno tem que ser trabalho e determinação nos treinos, para que na sexta-feira, contra o Fortleza, no Castelão, o time possa mudar o seu estilo de jogo e quem sabe, voltar com um resultado importante nessa caminhada rumo a Série B do próximo ano.

Como a diretoria está contratando, o torcedor só precisa ter um pouco de paciência para que os resultados possam acontecer. O Brasileiro da Série C é muito difícil e o grupo ainda está entrosando as novas peças para que o bom futebol possa fazer a diferença em pouco tempo. Com a experiência que tem, Itamar Schülle pode muito bem melhorar o padrão de jogo para que melhores resultados aconteçam a partir da próxima rodada.

No ano passado o Botafogo não conseguiu a tão sonhada vaga para Série B do Brasileiro, mas chegou perto e deixou a torcida cheia de esperanças. Se trabalhar forte e melhorar a qualidade do elenco , o time pode fazer o torcedorfeliz numa disputa nacional, como aconteceu com o título da Série D na gestão do então presidente, Nelson Lira. A caminhada é longa e difícil, mas o Botafogo pode chegar ao seu objetivo sem maiores problemas.

Escolinha de Futebol

Optando pela proposta trimestral, o aluno da Escolinha de Futebol do Clube dos Oficiais tem descontos especiais. As vagas continuam abertas para sócios e não sócios, na faixa etária entre 5 e 13 anos.Os interessados devem ligar para 988026121. As vagas são limitadas.

Positivo

O professor Rogério Velinho está animado com o projeto que será colocado em prática no Auto Esporte, para fortalecer a prática do futebol feminino. Como não tem calendário para o segundo semestre, nada melhor do que apostar a proposta de Rogério Velinho, que tem uma larga experiência na modalidade. Se ninguém atrapalhar, Velinho vai fazer o Clube do Povo vencedor no futebol feminino.

Negativo

Quando viu as dúvidas pairando no ar sobre o futuro do Treze, o técnico Celso teixiera tratou de arrumar as malas e partir. Não é fácil a situação do Galo da Borborema, mesmo com essa possibilidade de disputar a seletiva da Copa do Nordeste. O caixa do clube está operando no vermelho e a diretoria continua esperando por mais apoio dos conselheiros e torcedores para espantar a crise.

O Sousa

Quem está  motivado para estrear na Série D do Campeonato Brasileiro é o técnico Índio Ferreira, que vem fazendo um bom trabalho no comando do Sousa. Ele conta com o apoio do presidente Aldeone Abrantes, que também aposta numa campanha positiva e alimenta o sonho de chegar à Série C de 2018.

No foco

O piloto paraibano, Léo Barbosa, começou bem a temporada da Fórmula 3 Brasil, na categoria Academy. Só precisa da força de patrocinadores para conquistar mais resultados importantes para o automobilismo paraibano em 2017;

15 . Mai . 2017

Botafogo começa a Série C com empate em casa

Em: Coluna

O Botafogo não foi além de um empate sem gols na estreia da Série C do Campeonato Brasileiro, quando recebeu o Cuiabá. Foi um resultado ruim para quem começou a competição em casa e tinha a obrigação de vencer para ganhar força e motivação para o restante dos jogos.

Agora não adianta lamentar. Bola pra frente e que venha o próximo confronto, que será contra o Fortaleza na Arena Castelão. A partida será na sexta-feira, a partir das 19h. Para esse novo desafio na Série C o time de Itamar Schülle deverá ter mais novidades e a torcida espera por um melhor futebol.

10 . Mai . 2017

Mereceu

Em: Coluna

O Botafogo foi campeão por merecimento. Não exibiu aquele grande futebol ao longo do Campeonato Paraibano, mas na maioria das vezes foi melhor que os adversários e reconquistou a hegemonia do futebol profissional, para a alegria da sua torcida que foi em grande número ao Almeidão e fez a festa, revivendo os bons momentos proporcionados por Nelson Lira, que ainda é maior vencedor do clube nos últimos tempos.

Foi bom para o Botafogo. A reconquista da hegemonia do futebol paraibano chega no momento certo. Depois de sofrer na Copa do Brasil e Copa do Nordeste, a torcida ganha um novo ânimo, agora visando a Série C do Campeonato Brasileiro. A motivação é grande e cabe a diretoria reforçar o atual elenco para tentar avançar para a Série B do próximo ano, sonho da sua grande torcida.

Será que o Botafogo vai contratar? Acredito que sim. O atual elenco não está completo para uma competição como a Série C e o técnico Itamar Schülle sabe disso, com base no que viu o time jogar na Copa do Brasil e Copa do Nordeste. Tem que contratar sim e não pode perder mais tempo, pois a competição já começa no próximo domingo, e na estreia o Botafogo terá o Cuiabá pela frente.

E para que a diretoria possa contratar, a torcida tem que apoiar muito mais. O Campeonato Brasileiro é exigente e os dirigentes vão precisar do respaldo dos torcedores para o fortalecimento da receita. O clima de festa passou. Agora o Botafogo tem que se voltar totalmente para o Campeonato Brasileiro para evitar um novo fiasco em disputa nacional.

Copa da Amizade

Depois da Copa Paraíba de Futsal Nordeste, vem aí a Copa da Amizade que é promovida pela AAPB e tem na coordenação geral o professor Eduardo Amaral. A competição acontecerá no mês de julho, em João Pessoa. Contatos pelo telefone 98873 8489.

+POSITIVO

Muito bom o comportamento das torcidas organizadas do Botafogo na decisão do último domingo, no Almeidão. Na maior paz todos torceram e vibraram ao longo de todo o jogo. Depois foi aquela festa para comemorar o título da temporada. Agora a diretoria botafoguense espera pelo apoio dos torcedores na Série C do Campeonato Brasileiro. A bola rola a partir de domingo e a estreia será em casa.

-NEGATIVO

Triste mesmo foi o comportamento de algumas figurinhas carimbadas da crônica esportiva, que torcem pelo Botafogo, mesmo quando estão trabalhando. Tem uns que exageram e até entram em confronto com os companheiros de trabalho. Falta ética e acima de tudo responsabilidade com a informação. Sinceramente, foi horrível o que aconteceu domingo;

Santos x COPM-BM

Será no próximo sábado, o amistoso entre as Escolinhas do Santos e o Clube dos Oficiais.O encontro será à partir das 8h,  no CT do Santos, no conjunto Ernesto Geisel, nas categorias sub-8 e sub-12. As duas escolinhas continuam matriculando alunos na faixa etária entre 5 e 13 anos de idade

NO FOCO

Léo Barbosa está feliz na Fórmula 3 Brasil, onde disputa a categoria Academy. Só precisa de patrocinadores para cumprir o calendário da temporada e continuar representando bem o automobilismo paraibano.


Unipê

A equipe de voleibol masculino do Unipê estreou com uma vitória de 3x0 sobre a Uninassau de Alagoas, com parciais de 25x21, 25x18 e 25 x 22. O jogo foi válido pela Liga Desportiva Universitária que começou ontem, em Natal-RN. O grupo é comandado pelo professor José Geraldo, que está cheio de otimismo.

07 . Mai . 2017

Mais próximo

Em: Coluna

Se depender da confiança de Nelson Lira, que é presidente do Conselho Deliberativo do Botafogo, o time está próximo de reconquistar a hegemonia do futebol paraibano. Ele respeita o Treze, mas sente o entusiasmo que tomou conta do elenco na reta final da competição e acredita que a vitória de domingo passado afastou alguns obstáculos do caminho botafoguense.

Assim como Nelson Lira, tem muitos torcedores animados para o clássico de hoje. O estádio Almeidão tem tudo para receber um bom público, pois faz tempo que Botafogo e Treze não ganham um título e a chance de acabar com o jejum é nesse confronto. Com certeza emoção não vai faltar ao longo dos 90 minutos de partida.

Nelson Lira pensa como torcedor e com base nos títulos que conquistou no comando do Botafogo. No entanto, está consciente de que o Treze será um adversário difícil e que precisa ser respeitado. No entanto, está apostando no crescimento do Botafogo, que passou a convencer mais a sua torcida a partir da fase semifinal.

Está chegando a hora e os dois times prometem muito futebol. Como venceu em Campina Grande e vai decidir o título em casa com muito mais vantagem, o Botafogo tem a obrigação de vencer e fazer a sua torcida feliz. Mas é bom lembrar que do outro lado tem um time de qualidade e com chances reais de vencer. Sendo assim, não existe favorito e sim a certeza de que é melhor esperar o juiz apitar o fim do jogo.

Primeiro título

Quem vive uma grande expectativa para a decisão  é o técnico Itamar Schülle que espera conquistar o seu primeiro título pelo Botafogo. Já teve duas chances, mas ficou só na vontade. Apesar de pedir muita cautela ao grupo, admite que chegou o momento do Belo.

Positivo 

Rafael Oliveira é o artilheiro do Campeonato Paraibano, com 16 gols e espera aumentar a sua marca no clássico de hoje contra o Treze. No entanto, considera também importante a conquista do título de campeão para fazer a torcida do Botafogo feliz. Na temporada 2017 Rafael Oliveira mostrou todo o seu potencial nas disputas do Paraibano. A diretoria apostou no seu futebol e está colhendo os frutos.

Negativo  

O gerente de futebol do Campinense, Marquinhos Marabá, admite que as constantes mudanças de treinador prejudicaram o time. Foram quatro técnicos em pouco mais de quatro meses e os resultados foram os piores possíveis, pois faltou tempo para pensar e trabalhar. Agora os dirigentes tentam mais um para disputar a Série D do Campeonato Brasileiro.

Basquete 

A Liga Paraibana de Basquete trabalha com o objetivo de colocar em prática o processo de interiorização da modalidade, como aconteceu no futsal e deu certo. Tudo indica que no mês de junho acontecerá uma rodada em Guarabira. O pensamento é percorrer as principais cidades do Estado. O caminho é esse.

No foco 

O secretário de Esportes de João Pessoa, Guto Clerot (D), já está planejando a Copa Cidade João Pessoa de Futebol de Base. Se reuniu ontem com a co00missão organizadora e aprovou o projeto para o mês de julho.

Liga Desportiva Universitária

A equipe de voleibol masculino do Unipê é só motivação para disputar a Liga Desportiva Universitária que começa a partir de segunda-feira, em Natal-RN. O grupo é comandado pelo professor José Geraldo, que destaca o apoio que recebe da direção do Unipê para colocar o seu projeto em ação.

04 . Mai . 2017

Ruim para o Galo

Em: Coluna

Poderia ter acontecido tudo com o Treze, menos uma derrota para o Botafogo em leno estádio Amigão, na primeira partida da decisão do Campeonato Paraibano. Foi um péssimo resultado para quem alimenta o sonho de conquistar o título da temporada.  A desvantagem do Galo da Borborema agora é bem maior e a torcida não está mais confiante como antes.

Bom mesmo foi para o Botafogo que joga por dois resultados iguais e ganhou o primeiro confronto decisivo na casa do adversário. O time comandado por Itamar Schülle pode perder por até um gol de diferença, que será o campeão paraibano de 2017. Ao Galo da Borborema só resta a difícil missão de vencer por dois ou mais gols para atrapalhar o sonho do Belo e ficar com o título.

A vantagem para o Botafogo existe e é significativa, mas nem tudo está perdido para o Treze. Basta lembrar que o time de Itamar Schülle ganhou em Campina Grande numa disputa muito difícil. Sendo assim, tudo pode acontecer em favor do Galo da Borborema no estádio Almeidão, que deve receber um grande público.

Mesmo com a vantagem de decidir em casa e precisando do empate para ser campeão, o técnico Itamar Schülle quer o Botafogo determinado e marcado bem durante todo o jogo, para não jogar fora o sonho que está mais próximo da realidade. Está certo Itamar Schülle, pois o adversário tem qualidades, merece respeito e vem para João Pessoa disposto a vencer. Sendo assim, todo cuidado é pouco.

Positivo

O presidente do Conselho Deliberativo do Botafogo, Nelson Lira, ainda comemora o êxito do time no primeiro confronto da decisão do Campeonato Paraibano. Para domingo, Nelson Lira acredita que a presença da torcida será importante no Almeidão, quando será conhecido o campeão paraibano. Nelson Lira está confiante e aposta na força dos torcedores na busca do título estadual.

Negativo

Essa falta de apoio ao esporte amador na Paraíba continua sendo preocupante. Técnicos e atletas trabalham forte, mas quase sempre ficam fora dos grandes eventos do cenário nacional Em nível estadual as dificuldades também são muitas nesse momento de crise. O quadro é ruim e alguma coisa precisa ser feita para minimizar o prejuízo daqueles que fazem e amam o esporte.

No foco 

O presidente da Federação Paraibana de Futsal, João Bosco Crispim (D), também colaborou com o sucesso da Copa Paraíba de Futsal Nordeste, trabalhando com a comissão organizadora durante todos os dias.

Copa de Futsal

O ex-presidente da Federação Paraibana de Futsal, Geraldo Magela, prestigiou todos os jogos da fase final da Copa Paraíba de Futsal Nordeste. Saiu da Vila Olimpica Parahyba elogiando o nível da competição, assim como toda comissão organizadora. Geraldo Magela continua sendo um grande incentivador do futsal.

23 . Abr . 2017

Chega de espera

Em: Coluna

Uma vitória expressiva associada à prática de um bom futebol. Era tudo que o Botafogo mais precisava na reta final do Campeonato Paraibano. Ganhou de 3x0 do Atlético, foi disciplinado em campo e acredito que fez as pazes com aqueles torcedores que viram muitas irregularidades do time desde o início da temporada.

O Botafogo foi bem contra o Atlético de Cajazeiras e pode até perder por 3x0, que será um dos finalistas do Campeonato Paraibano. A vantagem é muito significativa, principalmente levando em consideração que a partida será realizada no Almeidão e com uma presença maciça de torcedores que sonham com o título e faz tempo.

Experiente e conhecendo muito bem o elenco que tem a sua disposição, o técnico Itamar Schülle pede muita cautela ao grupo e a torcida, em respeito ao adversário. Está mais do que certo. Reconhece a vantagem, mas sabe que no futebol tudo é possível. Sendo assim, pede para que todos esperem o fim desse novo confronto com o Atlético.

É muito oportuno esse modo de pensar do técnico Itamar Schülle, que parece mais animado com o desempenho do seu time. Mesmo assim, nada de comemoração antecipada e pés no chão. Ainda tem esse jogo contra o Atlético e mais duas partidas decisivas. Agora que encontrou o caminho do sucesso, todo cuidado é pouco para não desperdiçar a oportunidade que tem de reconquistar a hegemonia do futebol paraibano.

Copa Paraíba

É grande a motivação das equipes para a Copa Paraíba de Futsal Nordeste. A bola rola a partir de sexta-feira, em João Pessoa, com apoio da Federação Paraibana de Futsal, Faculdade Maurício de Nassau, GR Papelaria e Clínica Interser. A realização é da Gesports Consultoria e Marketing. Esportivo.

+POSITIVO

O presidente da Federação Paraibana de Beach Soccer, Ailton Cavalcanti, continua fortalecendo o processo de interiorização da modalidade. Hoje de manhã e a tarde, tem jogos decisivos na arena montada em Jacaraú. Ailton Cavalcante destaca o apoio que recebe da prefeitura da cidade para fortalecer o esporte. O beach soccer paraibano vive um momento positivo.

-NEGATIVO

Não foi bom o desempenho do Campinense no primeiro clássico contra o Treze, na semifinal do Campeonato Paraibano. Perdeu de 2x1 e acabou passando vantagem que tinha para o seu rival no jogo da volta, que acontece amanhã, no estádio Amigão. O Galo chegou a jogar com 10 homens, mas a Raposa não foi capaz de administrar essa vantagem e acabou no prejuízo.

Na crise

E como está a situação do Auto Esporte? Cada vez mais difícil, pois sem dinheiro no cofre a diretoria fica impossibilitada de saldar compromissos pendentes com alguns profissionais que disputaram o Campeonato Paraibano. Infelizmente faltou aquele planejamento inteligente no Clube do Povo.

NO FOCO

O presidente do Conselho Deliberativo do Botafogo, Nelson Lira, considera importante a presença da torcida hoje, no Almeidão. Para Nelson começou a decisão do título e com a torcida tudo fica mais fácil.

Lançamento

O doutor Alexandre Guimarães(E), ex-Comodoro do Iate Clube da Paraíba, e campeão brasileiro no vôlei de areia máster, lança o seu livro “Atividade Física e Saúde” na próxima sexta-feira, a partir das 19h30, no auditório da PBTur. O evento promete ser bastante concorrido e o conteúdo do livro é nota dez.

19 . Abr . 2017

Muito cuidado

Em: Coluna

Todo cuidado é pouco para o Botafogo. Passar pelo Atlético de Cajazeiras nessa fase semifinal não vai ser nada fácil, como alguns torcedores apaixonados comentavam após a definição dos jogos. O adversário vai exigir respeito, principalmente na partida de domingo, que está marcada para o estádio Perpetão, em Cajazeiras.

Na fase de classificação o Botafogo perdeu para o Atlético, em Cajazeiras, e venceu no Almeidão com muitas dificuldades. O retrospecto precisa ser levado em consideração, pois se não passar pelo Trovão Azul o time vai ficar sem calendário em 2018 e a torcida não vai perdoar, pois está cansada de esperar pela reconquista da hegemonia do futebol paraibano.

O técnico Itamar Schüle acertou em poupar seu principais jogadores no clássico contra o Treze. Com o Botafogo já classificado e com folga, ele achou melhor observar alguns garotos da base e melhorar a condição física daqueles que estarão na reta final do Campeonato Paraibano que será bem mais exigente e não vai admitir tropeços.

Para não ficar no prejuízo, o Botafogo precisa ser muito cauteloso em Cajazeiras. O Atlético ganhou força após a goleada sobre o Serrano e como terá o apoio da sua torcida no domingo, com certeza vai ter que mostrar muito mais futebol em todos os seus setores. Apesar do saldo positivo, o Botafogo foi muito irregular na fase de classificação. Agora tem que mostrar qualidade para atingir suas metas.

Escolinha de Futebol

Na primeira semana de maio começa a programação de amistosos da Escolinha de Futebol do Clube dos Oficiais. A diretoria continua recebendo alunos novatos na faixa etária entre 5 e 13 anos (sócios e não sócios). Os contatos são pelos telefones 9.8802-6121 e 9.9981-5263.

+POSITIVO

A campanha do Auto Esporte no Campeonato Paraibano, principalmente depois que o técnico Maia assumiu o comando, pode ser considerada positiva.Com as condições mínimas de trabalho, dentro de campo o elenco fez por onde corresponder as expectativas do torcedor. Não se classificou para a fase semifinal porque prometeram saldar compromissos, mas o grupo ficou só na espera.

-NEGATIVO

E um grande amigo me disse ontem de manhã, que esse elenco do Auto Esporte sofreu tudo que tinha direito ao longo das disputas do Campeonato Paraibano. O grupo não sofreu mais porque um pequeno grupo de conselheiros apareceu em muitos momentos para aliviar a dor dos jogadores. Tudo porque as figurinhas carimbadas prometeram muito mais uma vez e não cumpriram nada. As cobranças ainda estão no ar.

Arbitragem

Renan Roberto, apita Atlético x Botafogo e terá como auxiliares Griselildo Sousa e Tarcísio José. O quarto árbitro será Francisco Santiago. Já o clássico Campinense x Treze terá João Bosco Sátiro como árbitro, auxiliado por Luís Filipe e Kildenn Tadeu. Laurismar Alves será o quarto árbitro. Todos da FPF. Ninguém de fora.

NO FOCO
 

  • O professor Rogério Velinho (D) está fechando a tabela da Copa Paraíba de Futsal, que tem o apoio da Clínica Interser, Deck Gráfica, e Faculdade Maurício de Nassau. A divulgação deve acontecer até o próximo sábado.



  •  
  • O piloto paraibano, Léo Barbosa, está em São Paulo desde o início da semana, participando de treinos em Interlagos e de uma série de atividades para fortalecer o seu talento na Fórmula 3. Léo Barbosa está empolgado e só precisa da força de grandes patrocinadores para atingir as principais metas que foram traçadas para esta temporada.
15 . Abr . 2017

Agora é tarde

Em: Coluna

É muito triste e preocupante a situação do Auto Esporte na última rodada da fase de classificação do Campeonato Paraibano. Sem dinheiro e vivendo de falsas promessas, o elenco não tem motivação nenhuma para enfrentar o Internacional e buscar a vaga para a fase semifinal da competição. Mais uma vez faltou planejamento e mais diálogo sincero e honesto com os profissionais que estão trabalhando.


É muito difícil a corrida pela vaga. Primeiro o Auto Esporte tem que vencer o Internacional e se possível com um placar elástico. Depois torcer por um empate entre Atlético e Serrano em Campina Grande. Os dois times também estão na briga pela classificação. Se o Atlético vencer garante a vaga. E se o Serrano ganhar de 1x0, o Auto terá que vencer pelo menos de 3x0 para passar de fase.


Lamentável essa falta de compromisso quase que total com  elenco do Auto Esporte. Tem um grupo de conselheiros que se mata desde o início do Campeonato Paraibano, mas têm umas figurinhas carimbadas que prometem, nada fazem e só irritam os profissionais que só querem receber o que têm direito, pois trabalham para saldar compromissos assumidos.


Faltou palavra, a verdade é essa. Por isso o grupo se irritou, fez greve e já se prepara para as ações na Justiça do Trabalho. Isso é culpa daquele dirigente que não se planeja e só pensa em ocupar espaço na mídia. Deu tudo errado, como sempre deu. O Auto Esporte pode até avançar para a fase semifinal, mas vai ser muito difícil e o prejuízo será grande.

Saudade
É como tristeza que ainda se comenta a morte do ex-atleta de futsal, Allen Lucena. Jovem, cheio de planos e amigo de todos, Allen só deu alegrias no cumprimento da sua missão. Agora veste a camisa do time do Reino do Céu, onde tem o Senhor como treinador e uma grande torcida de  anjos.

Positivo
O presidente da Associação do Pessoal da Caixa Econômica Federal da Paraíba - Apcef-PB - Carlos Espínola, prestigia mais uma vez a Copa Paraíba de Futsal que começa no próximo dia 28, em João Pessoa. É um desportista nato e zela pela prática dos bons costumes. Por e isso e muito mais, a Apecef-PB comemora bons resultados no segmento esportivo. Carlos Espínola promete muito mais em 2017.

Negativo
Muito ruim a situação dos estádios de futebol da Paraíba. Não tem um que atenda as exigências do Estatuto do Torcedor. Antes do Campeonato Paraibano começar foi aquela confusão de sempre. Depois o quadro caiu no esquecimento e os times jogaram em cima de muitas irregularidades. Em 2018 vai ser do mesmo jeito ou bem pior, pois reformas e manutenão só existem em poucos estádios oficiais.

No foco
A professora Tereza Carmem, que faz um trabalho de nível como coordenadora do curso de Educação Física da Faculdade Maurício de Nassau, também vai apoiar a Copa Paraíba de Futsal. Sempre presente  nos grandes eventos.

No Vasco
Quem está de bem com a vida no basquete do Vasco da Gama-RJ é o paraibano Franco Neto. Vive uma grande fase e começa a despertar interesse de outros clubes dos grandes centros do basquete brasileiro. Franco Neto tem potencial de sobra e a cada dia fortalece a imagem do basquete paraibano no cenário nacional.

Copa Paraíba

Hoje de manhã tem o congresso técnico da Copa Paraíba de Futsal, que tem o apoio da Federação Paraibana de Futsa, Clinica Interser e Faculdade Maurício de Nassau. O evento será na AABB/Penha, a partir das 9h. Contatos pelos telefones 991087075 e 999815263. A coordenação geral será do professor Rogério Velinho.