Top Post

15 . Mar . 2017

Léo pisa fundo

Em: Coluna

Gosto de Léo Barbosa porque ele pensa grande e de forma responsável. Conhece muito bem as limitações dos pais, da família e do nosso universo de patrocínio para quem pratica esporte. Pisa fundo no sonho de chegar a Fórmula 1, mas quase sempre é obrigado a botar o pé no freio, pois apesar do talento ainda não tem a força de patrocinadores.

No ano passado, o piloto paraibano fez bonito no kart da Paraíba, de Pernambuco e Alagoas. Ele só mostrou qualidades e com apenas 15 anos começou a despertar interesse de marcas importantes do automobilismo, mas sempre esbarrou na falta de patrocínio. Suportou tudo com tranquilidade e deixou passar a temporada 2016 cheio de resultados e experiências importantes no kart.

Agora no início da temporada 2017 Léo Barbosa foi convidado para disputar a Fórmula 3 Academy, que vai reunir jovens pilotos de todo o Brasil, mas que tenham talento e tendência de crescimento. Ele foi selecionado e agora toda a família corre na busca de patrocinadores para não perder essa oportunidade. A estreia será sábado, em Curitiba e Léo Barbosa está cheio de otimismo para o seu primeiro desafio na F3 Academy.

Léo Barbosa lembra muito o começo de Valdeno Brito Filho, que hoje é uma marca forte na Stock Car. Começou com essa vontade, com apoio apenas da família, mas usando muito talento e pensando grande. Acredito que Léo também está nessa mesma direção e com certeza também será motivo de orgulho para o esporte paraibano em nível nacional.

Fora crise

A diretoria do Auto Esporte precisa trabalhar rápido para evitar que o elenco se envolva em uma nova crise. Em campo o time está bem e merece melhores condições de trabalho, O técnico Maia sozinho não pode evitar que o pior aconteça. Todo cuidado é pouco.

+POSITIVO

O professor Jailton Lucas é uma referência da Paraíba em nível nacional, no quesito paradesporto. Só precisa de mais econhecimento para que possa conquistar mais resultados na temporada 2017. Jailton Lucas é pioneiro no basquete em cadeira de rodas, mas tem participação importante em diversas modalidades, com resultados expressivos. Desperta interesse de outros centros.

-NEGATIVO

Quem também não atende as expectativas na pesente temporada é o Paraíba de Cajazeiras. Apesar das contratações que foram feitas pela diretoria, inclusive com várias mudanças de treinador, a Cobra Coral do Sertão continua na lanterna do Campeonato Paraibano e caminha mesmo para o rebaixamento. A torcida não está nada satisfeita, pois dentro de campo não vê nenhuma reação do elenco.

Escolinha de Futebol

A diretoria do Clube dos Oficiais da Polícia e Bombeiro Militar da Paraíba continua matriculando alunos novatos para a Escolinha de Futebol, na faixa etária entre 5 e 13 anos. As vagas estão abertas para sócios e não sócios. Os contatos podem ser feitos pelos telefones 9.8802-6121 e 9.9981-5263 ou na secretaria do clube.

NO FOCO



     
  • O presidente do Conselho Deliberativo do Botafogo, Nelson Lira, considera importante a presença do torcedor hoje, no Almeidão, para que o time continue embalado no Paraibano.


  •  
  • Diretores e colaboradores do Clube dos Oficiais se reuniram ontem de manhã, para traçar metas inteligentes no esporte e no social. O presidente do COPM-BM, Coronel Francisco de Assis, aposta em mais uma temporada positiva em todos os segmentos. Os colaboradores  preparam novas ações  para todos os setores.
Comente

Últimos Comentários

    Nenhum resultado encontrado.